Press News & Events

Women Entrepreneurs @ Católica-Lisbon, um programa de apoio ao Empreendedorismo feminino

Monday, January 27, 2020 - 18:27
Publication
Exklusiva

Women Entrepreneurs @ Católica-Lisbon, um programa de apoio ao Empreendedorismo feminino.

O que é?
O Programa Women Entrepreneurs @ Católica Lisbon é o programa do CEA (Centro de Estudos Aplicados) e da Universidade Católica que visa apoiar o empreendedorismo feminino.  Queremos que seja um programa aberto a todos, mas o nosso objetivo é combater a desigualdade económica entre géneros. Queremos capacitar as mulheres e as empresas geridas por estas – ajudá-las com ferramentas de gestão essenciais no seu dia-a-dia. Sempre numa vertente muito prática e aplicada à sua realidade diária.

Paralelamente, queremos apoiá-las através da entrega de projetos de consultoria de gestão desenvolvidos nas suas empresas, colocando alunos finalistas dos mestrados em gestão a resolverem os desafios definidos por estas empresas.

Todas estas iniciativas são complementadas com eventos paralelos de networking, que visam promover a colaboração das empreendedoras.

Em que é que consiste este projeto?
O programa dispõe, para já, de 2 grandes pilares de atuação. O primeiro consiste na CAPACITAÇÃO e materializa-se na realização de workshops temáticos.

Recebemos as participantes que se inscrevem nos vários workshops, segundo o seu interesse ou necessidade. Geralmente decorrem a um sábado e durante aquele dia as mulheres poderão assistir a todos os workshops em que se inscreverem. Por exemplo: Como desenvolver um plano de negócios?; Como conhecer o meu cliente?; Como comunicar o meu negócio?; Como usar as redes sociais?; Como aceder a fundos Portugal2020? Como gerir uma negociação?; Como melhorar o meu site?; Como potenciar o networking?; Como atrair e gerir expetativas de colaborares?; Como fazer o controlo de custos da empresa?; ou Como internacionalizar a minha empresa?

Pretende-se que estes workshops tenham uma forte componente prática, já que o principal objetivo é que as participantes aprendam algo de muito concreto que lhes seja útil e possam colocar em prática. Queremos que as mulheres usem o que aprenderam de imediato nas suas empresas. Na última edição de Workshops tivemos cerca de 200 mulheres a assistir a estas sessões. Este programa, sendo gratuito, tem contado com o apoio individual e voluntário dos formadores, sem o qual não seria possível por o programa em prática.

O segundo pilar consiste na entrega de PROJETOS DE CONSULTORIA. O Programa de consultoria pretende apoiar empreendedoras, através da oferta de projetos de consultoria realizados por alunos e orientados por professores desta Universidade. Assim, todas as mulheres que detenham total ou parcialmente um negócio são elegíveis para candidatura em projetos com áreas de atuação como desenvolvimento de um Plano de Negócios, definição de uma estratégia de internacionalização, definição de um Plano de Marketing, desenvolvimento de uma estratégia de comunicação digital ou o lançamento de um novo produto.

Para os nossos alunos é igualmente uma ferramenta fundamental na sua formação pois não aprendem só “como se faz?”, mas têm a oportunidade de o por em prática em casos concretos e em ambiente real. É uma consultoria feita com muita responsabilidade, pois qualquer recomendação ou decisão pode ter um impacto na própria sobrevivência da empresa.

Anualmente existem 2 fases de candidatura a estes projetos (pois devem coincidir com os nossos semestres letivos). Os projetos, uma vez identificados e selecionados são depois desenvolvidos durante um período de três meses e meio. Os prazos de candidatura a estes projetos são nos meses de Setembro e Fevereiro.

Como surge o Programa?
Este projeto é, sem dúvida, uma oportunidade de a Universidade Católica retribuir e contribuir para uma sociedade melhor, de uma forma real e construtiva. A pertinência deste projeto surgiu do facto de querermos fortalecer e apoiar empresas detidas por mulheres.

Uma grande percentagem de mulheres (felizmente cada vez menos) criam negócios apenas como criação do próprio emprego.

O empreendedorismo e o ecossistema de startups em Portugal está claramente a ganhar espaço e destaque no nosso país. No entanto, o gap entre homens e mulheres ainda é imenso. Em 2019 (até ao 3.º trimestre), por cada 100 dólares investidos em startups, apenas 3 foram investidos em startups fundadas unicamente por mulheres (10 dólares investidos em startups fundadas por mulheres e homens e 87 dólares nas startups de empreendedores masculinos). Apesar de tudo, há um número crescente de unicórnios (starups tecnológicas com avaliação superior a mil milhões de dólares) fundados por mulheres ou mistas (fundadas por mulheres e homens).

Além de menor acesso ao capital de risco, as mulheres estão menos presentes nas incubadoras e aceleradoras e sentem grandes necessidades de apoio à gestão do negócio bem como necessidades em termos de capacitação.

Paralelamente, em Portugal, as mulheres ainda têm um salário inferior aos dos homens em 22%, segundo a Organização Internacional de Trabalho. Consideramos que estes dados se corrigem dando oportunidades de carreira às mulheres nas empresas e apoiando os seus projetos de empreendedorismo. As mulheres têm um perfil claramente empreendedor, capacidade de entrega e o que lhes falta mutas vezes são ferramentas e apoio para desenvolver estes projetos.

Nós já desenvolvíamos projetos de consultoria em empresas no âmbito de cadeiras de metrado. Com esta vertente chegámos a apoiar outros programas de empreendedorismo feminino que, entretanto, acabaram. Percebemos que havia muitas mulheres com vontade de criar negócios próprios e resolvemos formalizar um pouco o programa através de uma identidade única. Se não fizermos nada, vamos deixar o mundo tal como o encontrámos.

Para quem é este programa?
A Católica pretende com esta iniciativa gratuita, dotar as mulheres empreendedoras das ferramentas necessárias para o sucesso do seu negócio. Destina-se, por isso, a todas as mulheres que lançaram ou estejam a pensar lançar o seu negócio.

Temos recebido desde empresas que são pouco mais do que uma ideia de negócio que precisa de começar a ganhar forma, até pequenas e médias empresas que já estão no mercado há uns anos, com faturações já significativas e que pretendem orientação de como exponenciar o seu negócio.

Também o perfil das empreendedoras é muito variado em termos de formação académica: umas que têm alguma formação na área de gestão (algumas até há já uns anos) e procuram um pouco as práticas mais recentes, novas metodologias; outras que vêm de outras áreas como medicina, psicologia, arquitetura, design e outras ainda que não têm qualquer formação do ensino superior.

De igual forma, as áreas de negócio das empresas são muito variadas. Desde empresas de design, moda e luxo até empresas na área da saúde, turismo ou com uma vertente mais tecnológica.

Como é que o programa tem sido aceite pelas empreendedoras
A aceitação tem sido fantástica. O número de empreenderas a assistirem aos workshops tem vindo a crescer, assim como o número de candidaturas a projetos de consultoria. Contamos já com cerca de 300 mulheres que de alguma forma foram apoiadas pelo programa. Em cada evento, percebemos que além das recorrências, temos um grande número de mulheres que se inscrevem pela primeira vez e algumas que voltam com uma amiga, ou com uma filha o que é extraordinário.

É muito interessante ver a comunidade a crescer, com mulheres a disfrutarem dos nossos momentos de networking para mostrarem os seus serviços e para colaborarem entre si com parcerias e negócios.

Quais as próximas iniciativas previstas?
Estamos a considerar novas formas de no futuro apoiar as empresas, como sejam acesso a financiamento, acesso a serviços profissionais a preços acessíveis e uma bolsa de parcerias.

Dos atuais pilares de atuação, estamos a considerar a próxima edição de projetos de consultoria, com inscrições que deverão decorrer em Janeiro e Fevereiro do próximo ano e a próxima edição de workshops que deverá decorrer no mês de Março de 2020.

Rute Xavier, docente da Católica Lisbon School of Business&Economics.

Related Press News

21/02/2020 - 09:21
Observador
Continuamos, como há 30 anos, atolados num pântano de indefinições, de imprecisões, de falência de processos e objectivos que agrava o atraso em relação aos países de matriz anglo-saxónicos. Realidade intrigante para quem, há quase 4 décadas, combina as...
14/02/2020 - 11:32
Observador
Uma liderança competente estimula o compromisso dos colaboradores, podendo levar a aumentos de 22% na produtividade, de 48% na rentabilidade e à redução significativa das saídas dos mais talentosos. A revista Training em colaboração com a consultora...

Upcoming Events

03
Mar
17:00

Católica Lisbon School of Business & Economics

LisboaLisboa1649-023
Portugal
06
Mar
08:30

4th floor – Vila Plana Restaurant

LisboaLisboa1649-023
Portugal