Press News & Events

Filipe Santos vai liderar a CATÓLICA-LISBON

Thursday, February 7, 2019 - 15:27
Publication
Jornal Económico

Nuno Fernandes, até agora dean da escola de negócios, vai assumir a responsabilidade pela nova estratégia global da Universidade.

CATÓLICA-LISBON Building (front of the school)

Filipe Santos, professor catedrático na Universidade Católica, detentor da cátedra em Empreendedorismo Social, é o novo dean da Católica Lisbon School of Business & Economics, sucedendo a Nuno Fernandes, que vai assumir a nova estratégia de global ‘engagement’ da universidade.

Filipe Santos é doutorado em Ciências da Gestão e Engenharia pela Universidade de Stanford e professor visitante no INSEAD, escola onde foi professor de carreira entre 2003 e 2014.

Na Católica-Lisbon desempenhava funções como diretor-adjunto antes desta nomeação como diretor. Destaca-se na área da inovação social, sendo co-autor do “Manual para Transformar o Mundo” o primeiro guia para empreendedores sociais editado em língua portuguesa.

Em 2012, Filipe Santos recebeu o prémio EFMD para o melhor caso de estudo na categoria de África com a série de casos Nuru Energy. Como empreendedor social, Filipe Santos foi cofundador e presidente do IES-Social Business School em 2009 e do Laboratório de Investimento Social em 2013. Em 2015 fundou e foi o primeiro presidente da iniciativa pública Portugal Inovação Social. É, ainda, membro do comité de investimento do Fundo para a Inovação Social (FIS), membro da direção e Presidente-eleito da European Venture Philanthropy Association (EVPA).

A tomada de posse de Filipe Santos está agendada para esta quarta-feira, 6 de fevereiro, pelas 9h30.

Related Press News

14/03/2019 - 16:42
Jornal de Negócios
Programas voltados para a dimensão digital da CATÓLICA-LISBON têm registado elevada procura nos últimos anos. Outros cursos têm igual sucesso. Uma cultura de rigor, profissionalismo, inovação e orientação para o cliente, suportada por um corpo docente de...
08/03/2019 - 13:23
Dinheiro Vivo
Ao longo dos últimos, a geração Erasmus tem procurado cada vez mais carreiras internacionais, dado que estas, tendencialmente, proporcionam condições profissionais e financeiras mais apelativas. Por entre os universitários da área de Gestão/Economia é...